sexta-feira, 17 de abril de 2009

AVISO




Pessoal, estou saindo de viagem para a terra do Tio Obama - 15 dias, visitarei o meu Grande Amigo Luiz Bolfer na Flórida - EUA, quando retornar, vamos posicionar mais aeronaves nos hangares dos Cmtes.

Abraços e até a volta.

Paduim

SIKORSKI X-49 - HOVERCONTROL - FS9








Fotos do meu FS9 - Textura modificada pelo Sergio Paduim
Helicóptero SIKORSKI X-49 - HOVERCONTROL, essa Aeronave foi indicação do Sergio Luiz Paduim para o Blog, um entusiasta na construções de Throtlle, Pedais, Manches e logo, logo, estará construindo o seu CoCkpit B737 na garagem.

Esse Helicoptero, verifiquem que no painel, existe um dispositivo e Display na cor Verde para que se faça voos pairados no ar e solo a 10 pés, localize e trabalhe com o dispositivo em baixa velocidade, para que o computador de bordo consiga enganjar o voo pairado.
Veja a última foto que o Helis está pairado a 10 pés do solo.
Download

EMBRAER PHENOM 300 AGS - FS9 e FSX






ATENÇÃO : TODAS AS AERONAVES ACABEI DE INSTALAR NO FSX E FUNCIONOU A CONTENTO, APENAS CONFIRMEM A EXECUÇÃO DOS GAUGES AO SER SOLICITADO NA ABERTURA DA AERONAVE. O SOM DA AERONAVE PHENON NÃO ENTROU, INSTALE UM OUTRO SOM COMPATIVEL COM A AERONAVE, PODE SER UMA DESSAS QUE ACABEI DE POSTAR ABAIXO...PEGUE A PASTINHA SOUND E SUBSTITUA A PASTA SOUND DO EMBRAER PHENON 300.
Fotos do meu FS9 - - SimViation

EMBRAER PHENON 300 AGS, Aeronave Executiva da Embraer, painel modificado pelo Blog, som, texturas.

Instalação : Descompacte a aeronave para uma pasta temporária e dentro dela terá uma pasta de nome PHENON, abra ela e pegue os arquivos da pasta GAUGES e coloque em gauges do FS9 - na mesma pasta PHENOM, tem uma pasta de nome EFFECTS, pegue os arquivos e coloque na pasta Effects do FS9...após, pegue a Aeronave Embraer Phenon 300 e coloque em Aircrafts do FS9.

Download

AI RAYTHEON HAWKER 800/800XP - FS9






Fotos do meu FS9 - SimViation
AI RAYTHEON HAWKER 800/800XP - FS9 - Não Testei no FSX, numa dessas...funfa lá.
Outra bela Aeronave para voos Curtos, viagens de Executivos...Painel modificado pelo Blog, já que o painel default da aeronave faltou gauges, Som, Texturas Reflexivas, ótima aeronave.
Instalação : Apenas descompacte a aeronave para uma pasta temporária, copie e cole ela toda na Pasta Aircraft do seu FS9.
Download

BOMBARDIER CHALLENGER 604 - FS9 e FSX







Fotos do meu FS9 - SimViation


BOMBARDIER CHALLENGER 604 N832SC - FS9 e FSX

Excelente Aeronave para voos curtos, painel modificado pelo Blog, som, Texturas dinâmicas e reflexivas.
Instalação: Apenas descompacte a aeronave para uma pasta temporária e após, copie as pastas para os seus devidos lugares no FS9 e FSX.
Atenção: No FSX não foi testado, apenas no FS9

segunda-feira, 13 de abril de 2009

GPWS

GPWS

Proporcionando Vôos Mais Seguros


O que significam estes avisos no GPWS ?


O GPWS (Ground Proximity Warning System, que não deve ser confundido com

GPS = Global Positioning System) em si é um sistema que existe usualmente nos jatos modernos que proporciona uma série de avisos sonoros quando em situações anormais e/ou perigosas próximas ao solo, além de fornecer chamadas de altitude na aproximação/pouso. Sua finalidade primordial é a prevenção de acidentes causados por CFIT (Controlled Flight Into Terrain).


Mensagens do GPWS:

Razão de descida excessiva:

“SINK RATE!”


Este alerta é armado próximo ao solo. Normalmente é ouvido nas aproximações. Quando acontece, deve-se reduzir a razão de descida o quanto antes, caso contrário é provável que ele também alerte “WHOOP WHOOP – PULL UP!”


Aproximação com o solo excessiva:

“TERRAIN! TERRAIN!”


Este alerta também é armado próximo ao solo, conforme a configuração da aeronave, velocidade, rádio-altura e razão de aproximação com o solo. É ouvido quando a razão de descida em relação ao solo está bastante elevada. Deve-se reduzir a razão de descida o mais rápido possível, caso contrário é provável que ele também alerte “WHOOP WHOOP – PULL UP!”


Perda de altitude após decolagem ou arremetida:

“DON’T SINK!”


Este alerta é armado após a decolagem ou na arremetida quando se recolhe o trem de pouso ou os flapes abaixo de determinada rádio-altura. Acontece quando se perde muita altura. Deve-se obter, então, razão de subida positiva o quanto antes. Ele é desarmado se o trem e flapes forem estendidos em configuração de pouso.


Altura não segura com trem de pouso não baixado e travado:

“TOO LOW TERRAIN!” / “TOO LOW GEAR!”


Este alerta é armado abaixo de determinada rádio-altura e trem de pouso não baixado e travado, conforme a velocidade da aeronave. Se acontecer deve-se subir para uma altitude de segurança e checar a configuração de pouso.


Altura não segura com flapes fora da configuração de pouso:

“TOO LOW TERRAIN!” / “TOO LOW FLAPS!”


Este alerta é armado abaixo de determinada rádio-altura e flapes fora da configuração de pouso, conforme a velocidade da aeronave. Se acontecer deve-se subir para uma altitude de segurança e checar a configuração de pouso.


Abaixo da rampa de planeio ideal de ILS:

“GLIDE SLOPE!”


Se ultrapassar determinado dot (no indicador de GS) abaixo da rampa de planeio ideal de uma aproximação ILS e estiver abaixo de determinada rádio-altura este alerta será ouvido. Deve-se então ficar atento à altitude e à razão de descida.



Ângulo de inclinação lateral excessivo:

“BANK ANGLE!”


Se ultrapassar determinado ângulo de rolamento (normalmente de 35 a 40 graus) este alerta será ouvido. Deve-se então ficar atento à atitude. Em geral, abaixo de 150 pés de altura o ângulo limite diminui progressivamente.



Chamadas de altura de rádio altímetro:


Serão ouvidas as seguintes chamadas em todas as aproximações (poderão ser ouvidas também, dependendo do sistema presente, as chamadas de 2500 pés

“TWENTY FIVE HUNDRED!” e 1000 pés “ONE THOUSAND!”):

“FIVE HUNDRED!” Cruzando 500 pés AGL

“TWO HUNDRED!” Cruzando 200 pés AGL

“ONE HUNDRED!” Cruzando 100 pés AGL

“FIFTY!” Cruzando 50 pés AGL (Normalmente a cabeceira)

“FOURTY!” Cruzando 40 pés AGL

“THIRTY!” Cruzando 30 pés AGL

“TWENTY!” Cruzando 20 pés AGL (Normalmente o arredondamento)

“TEN!” Cruzando 10 pés AGL



Chamada de altura de decisão (DH):

“MINIMUMS! MINIMUMS!”


Na aproximação final, quando a altura de decisão pré-selecionada é atingida se ouve o alerta “MINIMUMS! MINIMUMS!”. Após este ponto, caso não se tenha visão da pista/luzes de aproximação ou não se esteja com o avião estabilizado para a aterrissagem deve-se arremeter. Dependendo do sistema presente, antes de a DH ser atingida é ouvido o alerta “APPROACHING MINIMUMS!”.


Advertência de tesoura de vento (windshear):

“WINDSHEAR! WINDSHEAR! WINDSHEAR!”


Este alerta é armado abaixo de determinada rádio-altura e acontece quando se encontra uma windshear de performance decrescente. Quando é ouvido deve-se imediatamente acelerar levando as manetes até o batente, manter a configuração atual da aeronave e procurar o melhor ângulo de arfagem com o fim de obter máxima razão de subida positiva, ou ao menos manter a altitude atual.


Texto revisado, AUTORIZADO, publicado anteriormente na AeroVirtual.

por Wanthuyr Zanotti Filho

E-mail address - wanthuyr@aerotacto.com
ALTN e-mail address - wanthuyr@gmail.com
Rio de Janeiro - Brasil

USANDO O FSNAVIGATOR


Usando o FSNavigator from Anderson Souza on Vimeo.



Pessoal,

conforme vários pedidos, conversei hoje com o Anderson, e o mesmo autorizou o Blog a postar o seu Vídeo Aula sobre o FSNavigator, acredito que vai superar as expectativas e tirar muitas dúvidas dos Amigos Comandantes.

Quem quiser conferir os trabalhos do Amigo Anderson Roberto, segue o Link do seu Blog

www.flightsimulatorlife.blogspot.com


Vídeo Aula no Youtube

http://www.youtube.com/watch?v=rFrF5pwJjmE

domingo, 12 de abril de 2009

BRASILIA 120 EMBRAER - FS9 & FSX










BRASILIA 120 EMBRAER - FS9 e FSX
Parabéns aos Desenvolvedores - Texturas Brasileiras - Embraer 120 Brasilia Full - Versão 2
Modelo 3D desenvolvido por Erick Cantu - Texturas por Gustavo Aguiar e Maurício Alves - Grupo Texturas Brasileiras Efeitos de iluminação e hélices por Adriano Martoni - FDE desenvolvido por Alexandre Alves, Adriano Martoni e Philip Foglar, com pequenas alterações por Cristiano de Sá - Painel desenvolvido por Marcus Gama - Sons por Christoffer Petersen Wing-Views por Cristiano de SáBeta-testes e programa de instalação por Cristiano de Sá

Pessoal, como vcs podem verificar no Blog, adoro os Brasilias (Embraer), aeronave para voo em pequenas distancias...feito pra voos regionais mesmo, uma delicia, o envelope de voo desta aguia é espetacular.
Aeronave BRASILIA 120 EMBRAER, painel, som, 3 Texturas.

Se o painel aparecer sem Gauges, é porque vc não energizou e nem mesmo ligou o painel....(rs)

Instalação : Executar o instalador, e seguir o caminho automático

C:\Arquivos de Programas\Microsoft Games\Flight Simulator 9
C:\Arquivos de Programas\Microsoft Games\Flight Simulator X
Dica, no FSX ele se instala em Aircraft, é só abrir a pasta e fazer copi e cola para SimObjects,Airplanes...veifique se ao colocar a nave no gate, ela tem combustivel.

Download

CESSNA CITATION SOVEREIGN - FS9










Fotos do meu FS9

CESSNA CITATION SOVEREIGN - NAVE DA SIMVIATION E PAINEL DA AVSIM
Caracteristicas:

O Sovereign é um avião pequeno e leve, por isso é natural que ele tenha uma grande "explosão" e na medida em que ganha altura perde potencia. Algumas vezes ele nivela no Cruzeiro com uns 300ft/m. Isso é normal visto que o tempo que ele leva para atingir o FL430 é de 26 minutos em MTOW!
Ele apresenta comandos firmes e precisos, durante as descidas, pode exigir o uso dos spoilers para evitar altas velocidades. O pouso não é muito diferente, ele tem resposta bastante rapida e o "flare" deve acontecer com calma.

Algumas dicas:
Eu recomendo e já postei o painel do próprio Sovering, mais tem gente que gosta do Lear 45 Default do FS9, porém para funcionar o Sistema de aceleração automatico, precisa precionar uma unica vez Shift+R, aí ele vai ativar o sistema do painel quando vc quiser.

Para Decolagens, se a pista for maior que 2200metros, recomendo Flap na posição 1 (15°) que é o suficiente, e evite utilizar potencia maxima se a pista for grande. O ideal é usar o Ctrl+Shift+G, e deixar ele acelerar sozinho até que vc atinja uns 170 KIAS (já no ar) aí ative a velocidade automatica para 220 KIAS enquanto manter o comando na suas mãos.

Segundo a Cessna, o Sovereign tem performance de subida superior ao Citation X, porem após o FL300 a aeronave perde muito em razão de subida para manter mach 0.71.
Alguns detalhes operacionais IMPORTANTES!

1)Velocidade de Cruzeiro: Mach 0.80 a 35.000ft/ Mach 0.74 a 43.000ft/ Mach 0.70 a 47000ft

2)Velocidade Maxima Indicada: 320 KIAS

3)Velocidade padrão de subida após FL100: 290 KIAS até o FL300 (depois mude para Mach 0.71 ou 0.75 até o cruzeiro)
4)Velocidade média de Rotação (Vr): 115 KIAS a 125 KIAS

5)Velocidade Media de Apoximação: 105 KIAS a 118 KIAS (depende muito do peso, mas o ideal é nessa casa com Full Flaps)

6)-Razão de Subida: Inicial de 4200ft/m até o FL200, após isso tente manter a melhor razão evitando que a N1 passe de 90% e a velocidade caia para menos de 265KIAS

7)Altitudes de Cruzeiro: Com MTOW(Peso maximo de decolagem) é de 35.000ft, com peso inferior a 12.000kg é de 43.000ft e com peso inferior a 11.300kg é de 47.000ft

8)Peso Maximo para pouso: 12.292kg

9)Alcance Maximo: 5200km

Mais importante ainda:

Posição de Flaps: são 4 posições de flap (0°, 15°, 25° e 35°) quando em voo; acionar flap na posição 15° quando a velocidade for inferior a 195 KIAS, flap 25° quando for inferior a 165 KIAS, flap 35° quando for inferior a 145 KIAS.As velocidades devem ser todas em KIAS, nunca em KTAS.verifique se está na opção; Display Indicated Airspeed em Settings/ Realism

Download

quarta-feira, 8 de abril de 2009

BOEING 737-300 BRA - FS9











Fotos do meu FS9

BOEING 737-300 BRA - EXCELENTE - PARA O FS9

A BRA TRANSPORTES AÉREOS, iniciou as atividades em 1999 operando exclusivamente vôos de fretamento, em 2005 passou a operar vôos regulares onde chegou a ser a terceira empresa no ranking nacional com mais de 4% do mercado.

Em meados de 2007 a BRA passou por uma fase bastante turbulenta envolvendo fatores de ordem administrativa e financeira, culminando com a paralisação total das suas operações em novembro daquele ano, o que marcou negativamente o nome da empresa no cenário nacional e internacional.

Este pacote inclui: Modelo completo da aeronave, painel e sons reais, tornando assim o vôo mais real possível, textura em alta resolução desenvolvida por: Hernan Anibarro, efeitos de som, ATC e alertas no painel, cabine foto-real, e dinâmica de vôo (FDE) modficada pelo autor da aeronave.

Download

RSDG TURBO RENEGADE 270 - FS9










Fotos do meu FS9

RSDG TURBO RENEGADE 270 - FS9

O LAke LA-250 Renegade é uma aeronave-utilitária anfíbia de seis lugares, produzida nos Estados Unidos desde 1982, trata-se de uma versão alongada e poderosa no Lago Buccaneer.

Este pacote inclui aeronave com sons reais, painel, virtual cockpit dinâmico, 8 texturas detalhadas e refletivas, partes móveis, e efeitos especiais na hora da decolagem.
Instalação : Simplesmente copie a aeronave para o seu FS9 na pasta Aircrafts.
Se acaso colocar o FSsound.dll em modules, não esqueça de editar o FS9, já expliquei como se faz no Blog, é só procurar ou reporte que ajudo.
Download

terça-feira, 7 de abril de 2009

Low level helicopter trip in Rio de Janeiro, 1967

Postado pelo Amigo Sergio Bohrer, de POA, da Lista de Aviação FSA. Vale cada minuto.

O helicóptero pertencia à antiga Companhia VOTEC (Voos Técnicos e Executivos), facilmente identificada pela logo-marca. Foi a primeira empresa contratada para efectuar voos para as plataformas marítimas da PETROBRAS.Trata-se de um clip gravado durante a produção do filme "Roberto Carlos em ritmo de aventura", elaborado em plena época da Jovem Guarda. Na travessia do Túnel do Pasmado, o trânsito foi interrompido e pode-se ver alguns veículos aguardando o término da acção. Ainda não existiam a Torre do Rio Sul ou o Condomínio Morada do Sol. A Avenida Atlântica possuía, apenas, uma pista de rolamento. Ao passar pela Cinelândia (Avenidas 13 de Maio e Rio Branco) pode ser visto o antigo Senado Federal (conhecido como Palácio Monroe) demolido durante as obras do Metrô Rio (não perguntem por quê).O pouso foi feito no prédio do antigo Banco do Estado da Guanabara, hoje, Banco Itaú S.A., na Avenida Nilo Peçanha, provavelmente, o único heliporto existente, então, no centro da cidade. Naquela época que deixou muitas saudades, o Rio de Janeiro era chamado de Estado da Guanabara. O piloto que realizou este voo já faleceu e pelas normas atuais de segurança seria impossível realizar um procedimento semelhante. Até hoje se elogia a habilidade do piloto em passar pelo túnel, em uma única passagem, sem um treinamento mais específico...

Prof. Dr. Elones Fernando RibeiroDiretor da Faculdade de Ciências Aeronáuticas - PUCRS

*********************************************************

Vídeo da década de 60 do filme "Roberto Carlos em ritmo de aventura" onde o personagem dele faz um passeio pela cidade do Rio de Janeiro de helicóptero passando por Botafogo, Copacabana, Presidente Vargas, Carioca, Cinelândia, Passeio e parte de Santa Teresa. Bom vídeo para ver algumas modificações da cidade como o sumiço de parte do morro de Santa Antônio na Carioca ainda sem os prédios da Petrobrás e do BNDES, a praça da Cinelândia ainda das antigas com o Palácio Monroe ainda de pé entre outros detalhes.
Na verdade Roberto não fez aquele percurso todo, o piloto na verdade é o Raimundo de Paula Soares.

LINK :
http://www.patricksaviation.com/videos/Caribougnal/1694/

ABSIMULATIONS NH90 TTH - FS9








Fotos do meu FS9 - Simviation
ABSIMULATIONS NH90 TTH - FS9

Helicóptero com sons reais, painel, virtual cockpit, brilhos dinâmicos, e 25 texturas super detalhadas para você escolher para voar!
Download